Higiene do sono

March 16, 2017

Quando falamos de estilo de vida saudável, geralmente pensamos na alimentação balanceada e na prática de exercícios físicos, mas esquecemos de outros fatores importantes de qualidade de vida. Um destes fatores é ter repouso suficiente, com um sono reparador, capaz de promover descanso adequado ao corpo e à mente. Existem pequenos cuidados que devem ser mantidos, principalmente antes de deitar, que podem melhorar a qualidade do sono. Veja abaixo algumas dicas da Associação Brasileira de Medicina do Sono!

ORIENTAÇÕES PARA HIGIENE DO SONO

 

1. Procure deitar e levantar em horários regulares;

2. Vá para a cama somente quando estiver com sono e evite ficar nela sem dormir. Se necessário, levante e faça uma atividade calma até ficar sonolento novamente. Ficar na cama, rolando de um lado para outro, pode gerar estresse e piorar a insônia;

3. Use a sala ou outro ambiente para leitura, ver televisão ou alimentar-se. A cama deve estar relacionada com o ato de dormir;

4. Procure orientação médica, caso a dificuldade de dormir esteja atrapalhando seu dia a dia. Existem técnicas eficazes que tratam a insônia, como a acupuntura e a meditação;

5. Estabeleça um ritual de relaxamento antes de se deitar: você pode diminuir a luminosidade do quarto, ouvir músicas leves, tomar um banho morno, fazer uma massagem nas pernas ou na face, ingerir chás calmantes, como camomila e melissa;

 

 

 

6. Evite uso de álcool e de substâncias estimulantes (café, refrigerantes, alguns chás) pelo menos 6 horas antes de deitar;

7. Faça uma refeição leve próximo ao horário de dormir. Não vá para a cama com fome nem com o estômago muito cheio;

8. Evite cochilos longos durante o dia, pois eles podem atrapalhar seu sono à noite;

9. Procure ocupar-se durante o dia, evitando o ócio e o tédio. Dessa forma o corpo e a mente irão sentir a necessidade de repousar;

10. Faça atividades físicas regularmente, porém evite exercícios intensos e prolongados próximo à hora de dormir.

INSÔNIA

 

A insônia se caracteriza pela dificuldade em iniciar o sono ou em manter-se dormindo, e o principal prejuízo é o cansaço durante o dia, por causa das noites mal dormidas. Pode ser um quadro passageiro, relacionado com algum fato recente, que geralmente melhora espontaneamente, mas, se o quadro persistir além de um mês e interferir na qualidade de vida, é aconselhável buscar orientação médica. Lembre: Algumas pessoas naturalmente dormem menos que outras. Isto não significa ter insônia!

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Dica: A maternidade e o encontro com a própria sombra

October 18, 2018

1/10
Please reload

Posts Recentes

December 20, 2018

October 1, 2018

September 19, 2018

September 4, 2018

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags